Fabiano Santos

Manuscritos de Ideias

Fabiano Santos
Nascido em Itapeva/SP, Fabiano Santos é formado em Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e Inglesa, Pedagogia e especialista em Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira. Atua como professor efetivo nas redes Municipal e Estadual. Autor do livro de poesias, “Amoresias”, adora escrever sobre temas atuais da sociedade.

A vida é um grande mistério a ser revelado aos poucos; achamos que conhecemos todos os caminhos que trilharemos, mas não conseguimos imaginar as diversas direções que as estradas tomarão. Os milagres da criação estão em nós, sentimos os raios do esplendor ao toque do vento, a grandiosidade a cada suspiro. E não há explicação, ciência, teorias ou provas que se igualem a esse enigma, basta senti-lo e vivenciá-lo.

Sempre acreditei em milagres, pois desde criança ouvia testemunhos na igreja de grandes feitos que Deus operou, e de certa forma esperava que algo semelhante pudesse ser visto por esses olhos lagrimejados que leem esse texto enquanto minhas mãos trêmulas o digitam. Não estou falando de religião ou pregando uma doutrina, apenas citando a presença de Deus, independentemente de crença ou aceitação.

A palavra “milagre” vem do latim miraculum, que significa acontecimento extraordinário, incomum ou formidável que não pode ser explicado pelas leis naturais. Sinal ou indício de que há interferência divina na vida dos homens; o que resulta dessa interferência. Na prática é uma ocorrência que transforma a alma e o corpo, renova a perspectiva de vida e estabelece uma relação de satisfação por ser agraciado e digno de receber um presente como esse.

No domingo (09) passei por uma cirurgia de emergência de apendicectomia, estava de férias em Salvador (BA) quando senti a forte dor e fui encaminhado para o hospital Roberto Santos. Cheguei a desmaiar várias vezes, mas a minha fé sempre esteve presente, criando uma força que me dava certeza que tudo ocorreria bem. Fiquei internado na capital baiana para o pós-operatório e retornei para Itapeva três dias depois da cirurgia. O sistema de saúde em Salvador é precário, mas fui bem atendido por toda a equipe hospitalar.

 

Compreendi que tudo tem um propósito em nossa vida, nada é por acaso e no final, seremos sempre orientados e testemunhas de grandes milagres. Estou me recuperando em casa agora, aguardando em repouso o retorno de minhas atividades profissionais, pois as espirituais nunca serão interrompidas. A oração é uma forma de amor; nela conseguimos chegar perto, falar com humildade e gratidão. De joelhos ou mãos unidas, coração aberto e alma interligada, seremos ouvidos, atendidos e exaltados.

 

Capa da última edição

capa IN

Curta-nos no Facebook