Fernanda Angélica de Barros

Desenvolvimento e Carreira

Fernanda Angélica de Barros
É formada em Administração pela FAFIT, pós-graduada em Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas pela PUCPR e possui MBA em Marketing e Vendas pela FMU.

 

Você tem seu currículo atualizado neste momento? Se respondeu sim, parabéns! Se não, é hora de correr atrás e deixar o currículo prontinho pra uma futura oportunidade de emprego.

Mas afinal, devemos usar o termo Curriculum Vitae ou currículo? A primeira expressão vem do latim e significa “percurso da vida”. Já o segundo termo, currículo, é a expressão em português. Ambos estão corretos. Esclarecidos disso vamos ao que interessa: como não errar na elaboração do currículo!

Primeiro devemos estabelecer um objetivo. Tenho um cargo específico já definido? Para quais empresas vou encaminhar meu currículo? Para cada empresa pode haver a necessidade de elaborar um currículo diferente, por isso esteja atento ao que a empresa costuma solicitar.

Em um currículo devem ser informados dados pessoais para que a empresa saiba onde procurar o candidato e dados sobre a carreira (experiências profissionais, habilidades, cursos, etc.). Documentos pessoais como RG e CPF não devem ser informados no currículo. É importante que o currículo tenha no máximo uma página, facilitando assim a leitura dos recrutadores, portanto seja objetivo e breve em suas palavras.

Devem constar no mínimo dois números de telefones para contato, mesmo que seja para recado. Dificilmente a pessoa responsável pela seleção de currículos voltará a ligar para aquele telefone que estava fora de área ou que não existia mais. Caso esteja buscando oportunidade de trabalho em outra cidade, não vale mentir colocando seu endereço como o da cidade que procura o emprego. Escreva seu endereço verdadeiro e logo em seguida use expressões que informem sua disponibilidade de mudança, como por exemplo: “Procuro oportunidade de trabalho em Sorocaba e tenho disponibilidade de mudança imediata”.

Procure dar ênfase aos cargos e experiências que mais tem proximidade com o cargo que procura.

Peça para outra pessoa revisar e corrigir seu currículo, isso evita possíveis erros de ortografia e de gramática. Uma só palavra escrita de forma errada pode comprometer a visão do recrutador sobre você.

Utilize o básico “preto no branco”, imprima seus currículos em folhas de papel A4 branco (sulfite) e com os escritos em preto, dê preferência às fontes (letras) mais retas e menos retorcidas.

E lembre-se: o currículo é o primeiro passo para uma boa oportunidade; se bem feito, ele abre portas. Se mal feito, as fecha. Quanto melhor elaborado seu currículo for, maiores serão suas chances de sucesso.

 

Capa da última edição

capa IN

Curta-nos no Facebook