goulart 937As artes marciais estão em alta nos últimos anos e a cada dia ganham novos adeptos, mas a revolução das lutas não está só na quantidade de alunos e sim na diversidade, uma vez que vem crescendo consideravelmente o número de mulheres e crianças que aderiram alguma modalidade de luta como um esporte a ser praticado.

Para o professor e proprietário da Academia Team Goulart o crescimento das artes marciais se deve a vinda do UFC para o Brasil. Goulart Silva conta que quem se dedica e segue uma alimentação regrada consegue ver o resultado de sua dedicação em três meses.

Ao comentar sobre os benefícios que as artes marciais trazem às crianças, Goulart foi enfático em dizer que só há benefícios a quem começa já na infância praticar algum tipo de luta, pois a criança se desenvolve fisicamente e psicologicamente. Confira:

IN- Vemos atualmente o crescimento do esporte no que se refere a diversas modalidades de luta. A Academia sente o reflexo desse crescimento? Como?

Goulart- O crescimento deste esporte começou com a vinda do UFC para o Brasil, com isso as artes marciais em si foram colocadas na vitrine o número de academias deste segmento aumentou e consequentemente a procura para pratica também. Em Itapeva não foi diferente, percebemos ao longo do tempo um interesse muito grande das pessoas pelas artes marciais.

IN- Outra situação bem visível é a presença de mulheres nos treinos. Na sua opinião há que se deve isso?

Goulart- Toda mulher quer um corpo em forma, sua musculatura torneada e também algo que tire o seu estresse; dentro do Muay Thai e do Jiu-Jitsu elas encontram essas respostas; a mulher que se dedica às aulas, não falta e tem uma alimentação controlada posso garantir que o resultado para tudo aquilo que elas desejam já começa a aparecer em menos de três meses. Por isso a grande procura, atividade dinâmica sem estresse e com ótimos resultados.

IN- Ao ver esse crescimento, como você classifica esse momento para o Jiu-Jitsu e o Muay Thai?

Goulart- Ainda estamos em desenvolvimento; mas posso dizer que o momento é muito bom pois as pessoas estão conhecendo nosso Jiu-Jitsu e Muay Thai e com isso estão vendo o quanto bem agrega à vida delas; não são só benefícios que ficam no tatame e sim se estendem para a vida social, trabalho e estudo.

IN- Outro crescimento que se vê nas academias são os de criança. Qual o benefício para a criança que começa a fazer algum tipo de luta?

Goulart- Toda criança precisa de uma atividade física; vivemos num mundo onde a taxa da obesidade infantil tem aumentado em situação alarmante, estamos inseridos numa fase de degradação do respeito, disciplina e de valores. A arte marcial é o caminho inverso à tudo isso; trabalhamos com orientação às nossas crianças ensinando também conceitos importantes para se tornarem pessoas do bem e corretas. O Jiu-Jitsu e o Muay Thai não existem se não houver o respeito a disciplina a organização e humildade; aqui em nossa academia eles praticam esses valores constantemente.

IN- A partir de quantos anos é indicado a criança começar a praticar um esporte como o Muay Thai e Jiu-Jistsu?

Goulart- Em nossa academia oriento a partir dos 5 a 7 anos de idade; a questão técnica será desenvolvida aos poucos, mas o mais importante é a criança já nesta idade estar inserida num ambiente que a ajudará a desenvolvê-la física e psicologicamente.

IN- Que recado você deixa a quem desejar praticar o esporte e ainda está em dúvidas?

Goulart- O ser humano foi feito para estar em movimento; saúde está diretamente relacionada a atividade física. Gaste dinheiro com academia do que com farmácia e completo convidando a todos para experimentarem uma de nossas atividades e realmente comprovar os benefícios que vão adquirir com a pratica de nosso Muay Thai e do Jiu-Jitsu.

IN- E para quem não gosta de lutas?     

Goulart- A maioria das pessoas, quando o assunto é arte marcial, acredita que vão na academia para "apanhar" ou ter que lutar. Isso não existe; em nossa academia todos podem fazer o Muay Thai ou Jiu-Jitsu sem a necessidade de ter que lutar, isso é opcional. Tem quem gosta de lutar mas também tem quem prefere só a parte do aquecimento e técnicas, coisas que nos trazem ótimos resultados.

Capa da última edição

capa IN

Curta-nos no Facebook