Como pode?

O cidadão foi demitido a bem do serviço público e foi nomeado em cargo de comissão com a alegação que o tempo de “punição” venceu. Se não prestava naquela época, o que mudou agora? E mais o mesmo cidadão está sem convocado pela sua classe por suposta violação aos preceitos éticos da entidade. Esse é o governo Cavani? E os vereadores são coniventes com isso? Não foram eleitos para fiscalizar o Executivo? Estão de acordo? Esse cidadão tentou derrubar o Oller, o Sub Melo e articulou contra o prefeito na frente do Dr. Ulysses. Já esqueceram?

Como pode? II

O atual secretário de Obras no mandato de 2005 a 2008 respondia pela secretaria da Saúde. Terminado o governo foi comemorar com o prefeito vencedor (que na teoria era inimigo do Cavani) e foi nomeado secretário de Planejamento e quando apareceram dívidas relacionadas a sua Pasta que chegavam a 3 milhões de reais rapidamente ele apontou o dedo para o prefeito da época (Cavani) e o secretário de Finanças. Esse é o governo Cavani?

Vergonha

Senti vergonha ao transitar pela estrada (?) que dá acesso ao Jardim Kantian. A humilhação que passam aquelas pessoas que transitam por lá a pé deveria fazer com que vereadores obrigassem o prefeito e seus secretários respeitassem um local onde todos foram pedir votos. Deprimente.

Vergonha II

As entradas de nossa cidade estão cada dia piores e o governo nada faz. Se querem mostrar que somos o Ramal da Fome estão conseguindo já que Itapeva deveria ser chamada de Capital do Abandono. Tem gente só preocupada com o próprio salário e nada mais.

Sem letras

Se ao invés de colocar textos óbvios diariamente no Facebook o secretário Marco André saísse do gabinete para ver o que está ocorrendo na cidade tenho certeza de que estaríamos em situação muito melhor. Está na hora de mostrar serviço já que o senhor passou por vários governos e não tem nada para mostrar que justifique sua nomeação.

Diga adeus

O prefeito Luiz Cavani posava eufórico para fotos que homenageavam os esportistas que fizeram a história de nossa cidade, em uma comemoração mais do que merecida. Graças a forma de administrar o esporte da atual gestão não teremos quem homenagear nos próximos anos. Parabéns por acabar com o esporte itapevense.

Gente do mal
A saúde é a bola da vez. Estão tentando criar um cenário de instabilidade dentro da secretaria para enfraquecer a gestão da secretária Maria Elisa Ferrarezi. A estratégia faz parte de um complô orquestrado por um grupo que deseja não apenas a saída da titular do cargo, mas o controle do segundo maior orçamento municipal. Muito cuidado, prefeito Luiz Cavani, abra os olhos porque essa gente tem interesses que estão acima da lealdade. Inclusive um fake que vê em uma possível nomeação a chance de conseguir uma boquinha.

Despreparo
Se tivesse uma assessoria política e de comunicação competente, a Prefeitura já teria dado encaminhamento às muitas reclamações trazidas pela comunidade. Ao invés disso, as assessorias respondem com grosseria todos aqueles que criticam a administração municipal. Esse é o resultado da nomeação de pessoas sem a mínima qualificação para ocuparem cargos importantes e estratégicos do governo. Esses recebem orientação de quem?

2018
Ao que tudo indica, Cavani deverá promover mudanças em alguns escalões do governo, mas isso só deve ocorrer no início do próximo ano. Quem conhece o estilo do prefeito sabe que ele não tolera equívocos e observa todos os passos de seus subalternos. O resultado que esperamos é que o chefe do Executivo se distancie dos falsos bajuladores e traga para seu núcleo pessoas que realmente amam e querem trabalhar pela cidade. É disso que a população sente falta.

Apoio
O vereador Jeferson Modesto, por enquanto no PMDB, está a um passo concretizar sua ida para a base de apoio do governo municipal. Essa é uma decisão que vem sendo construída há meses pelo próprio Jé e Luiz Cavani, com as bênçãos do deputado Guilherme Mussi (PP). Nada mais justo, já que o ex-líder do PMDB manteve a sua integridade intacta ao não indicar nenhum nome para compor a atual gestão. Além disso, fez pesadas críticas ao Executivo em diversos momentos. Quero ver como ele irá administrar o vereador Margarido e a ex-vereadora Áurea Rosa.

Também vou

Outro vereador que deverá seguir novo caminho é Laércio Lopes. Eleito pelo PMDB, Laércio é ligado ao deputado estadual Carlos Cézar, líder no PSB na Assembleia Legislativa e uma das principais lideranças religiosas da Igreja do Evangelho Quadrangular. Para o diretório estadual do PMDB, Laércio nunca levantou uma palha em busca de votos para os candidatos a deputado do partido. A partir de agora, a sigla vai exigir fidelidade.

Até quando?

Resta saber se o novo PMDB, agora sob o comando de Alexsander Franson, manterá a mesma distância do Executivo. Muitos apostam que o entrosamento é uma questão de tempo já que o partido possui inúmeras demandas a serem atendidas. Uma delas diz respeito ao quinto nome mais votado para vereador do partido, Mario Nishiyama, que já manifestou o desejo de sentar na cadeira de vereador. Se isso não for possível, o novo presidente terá de lhe arrumar um cargo nas esferas do Executivo. Até que o Franson ia bem, mas ultimamente...

Independente
Já a competente vereadora Vanessa Guari (PMDB) vem deixando clara sua postura de independência em relação ao Executivo sem se preocupar com a reação do Paço Municipal. Presidente da Comissão de Saúde da Câmara, ela quer saber o volume dos exames laboratoriais oferecidos pelo município e exigiu a relação mensal de todos os procedimentos realizados. Além disso, em resposta a um requerimento feito por ela, a Prefeitura informou que mais 300 medicamentos estão sendo comprados para abastecer a farmácia municipal. Se não fosse a cobrança da vereadora...

Pode isso?!
Ao discursar na Tribuna, Vanessa relatou o resultado de uma reunião da comissão de saúde com o vice-prefeito Mário Tassinari (PV), que também é médico.
“O vice-prefeito nos informou que alguns projetos estão sendo estudados, como a fusão de algumas unidades de saúde da zona rural onde a Prefeitura oferecerá transporte entre os bairros para a locomoção dos pacientes”. É lamentável que essa discussão esteja ocorrendo, se é que realmente está. Ao invés de ampliar o serviço na zona rural, a Prefeitura pretende limitar o número de postos de saúde? O prefeito sabe disso? A secretária Maria Elisa também foi informada de que isso vem sendo discutido? Isso está cheirando puxada de tapete.

A luta continua
E conclui a vereadora Vanessa.
 “Sinceramente, eu gostaria de estar dando informações bem melhores que essas, eu gostaria vim aqui para dizer que já temos remédios, médicos e que as cirurgias eletivas estão indo de vento em polpa. Mas o que posso dizer é que eu continuarei cobrando e conto com meus pares”. Suas cobranças são sensatas e necessárias, mas não se deixe ser usada para tramar contra a atual secretária da Saúde. Ela é competente como a nobre vereadora.

Desde que...
Já Franson foi mais enfático nas cobranças, porém...  “
Peço para que o prefeito convoque o seu vice-prefeito para trabalhar. Coloque o doutor Mário lá para cuidar da lista das cirurgias eletivas para que a gente possa ligar para ele, que já é médico, preparado, conhecedor e eu tenho certeza de que tem tudo para fazer a lista andar. Fica o pedido desse vereador: vamos escalar o doutor Mário para ajudar na área da saúde”. Toda ajuda é bem-vinda, desde que não se tire a autonomia da secretária Maria Elisa, um nome de confiança do prefeito Cavani. E que não se nomeie o fake que é muito amigo de “alguns” vereadores.

Ausência
Atuando conjuntamente pela agilidade na concessão dos títulos de imóveis aos moradores da Vila Santa Maria e Jardim Bonfiglioli, os vereadores não puderam participar da solenidade agendada pelo Itesp para a noite de quinta-feira (14), às 20h, no mesmo horário em que a sessão era realizada. Caso quisessem, os representantes do Executivo poderiam ter proposto a alteração do horário, o que não foi feito. Se fosse às vésperas de uma campanha com certeza estariam todos lá já que o local é muito frequentado as portas de uma eleição. Lembra disso, Cavani?

Nota 10
Será reinaugurada no próximo dia 29 de setembro a nova sede do Posto Veterinário municipal, que passará a funcionar no Pião D’água, onde serão feitas as castrações de cães e gatos. Mais uma vez a secretária de Desenvolvimento Econômico e Agricultura, Marimar Guidorzi de Paula dá mostras de que vem fazendo um ótimo trabalho, agora pela causa animal. A reinauguração do posto vem sendo muito aguardada pela população e os bons serviços também.

Aniversário
Com a presença de um bom público, a Praça Anchieta recebeu diversas atrações culturais em comemoração aos 248 anos do município, evento que foi muito elogiado pelos presentes. Por outro lado, a Prefeitura precisa urgentemente planejar a realização desses eventos onde há grandes aglomerações de pessoas. Durante toda amanhã, não foi fornecida água potável e as pessoas tiveram de fazer fila para beber água de torneira em um canteiro próximo ao coreto. É um caso a se pensar. A falta de planejamento e postura do atual governo é uma grande prova da incompetência que cerca o prefeito.

 

 

 

 

 

 

Capa da última edição

capa IN

Curta-nos no Facebook