CEI do furto

Quem se atreve a abrir uma CEI para apurar as denúncias do ex-secretário Toninho Bucho que afirmou que ferramentas foram furtadas da garagem municipal? O fato é público já que foi mostrado no Ita News. Os vereadores vão se omitir? Mostre que sabe fazer o certo da mesma forma que sabe ameaçar, Oziel Pires. Vamos mostrar como foi a gestão do PTB nos anos em que apoiou o Comeron.

Viagens

Feriado prolongado e a gente sem ter o que fazer, não é verdade? Procure algum secretário ou pessoas ligadas ao alto escalão da Prefeitura neste final de semana. As praias vão estar cheias. O povo, ora o povo...

Pode!

A secretária do Oller tem uma secretária. Isso pode?

Futebol

As cidades de Itararé e Capão Bonito serão sedes da chamada Copinha, a Copa São Paulo de Juniores. Aqui temos o Oller que para o Cavani será o próximo prefeito. Uma vergonha a nível regional. Sede da 16ª Região Administrativa. Que piada.

Caso obscuro

O nomeado para ser assessor Jurídico da Prefeitura continua recebendo da mesma e por casos que são oferecidos pela OAB. Pode receber dois salários de entidades públicas, caro promotor de Justiça? Até quando a impunidade será considerada normal em Itapeva?

Convite

Após denunciar as ameaças do prefeito o vereador Alexsander Franson recebeu a proposta para assumir a secretaria Municipal de Transportes, Serviços Rurais e Administrações Regionais e disse: “O povo de Itapeva votou em mim para ser vereador, não secretário. A minha opção é de não ter o rabo preso com o atual governo para continuar defendendo os interesses da população com isenção e transparência”. Que afinada do Executivo.

Vencedor
Eleito para um mandato de dois anos, Dr. Rossi terá pela frente o desafio de unificar o partido em tempos que prometem ser difíceis. O que se espera é que ele não continue e linha do prefeito que promete e não cumpre. Falando em Cavani, ele não foi para a eleição. Com certeza não queria ver o Tarzã sair após votar.

Cédula
Muitos acreditam que ao comandar o partido até 2018, Dr. Rossi se firma como um dos principais nomes do PSDB para a sucessão municipal. Sua escolha foi costurada nos bastidores pessoalmente pelo prefeito, que rompeu as resistências internas para apontar o caminho. Entre vencedores e derrotados, o quórum baixo do escrutínio comprova que as feridas da campanha não estão cicatrizadas. Iludidos foram aqueles que achavam que o PSDB está unido.

Lista de espera
E a maior razão dessas feridas abertas são os compromissos assumidos pelo prefeito ainda durante a campanha, onde muitos partidários foram cortejados com a promessa de cargos até o dia da eleição. Passada a euforia da vitória, veio o choque de realidade, ou seja, os poucos cargos disponíveis seriam ocupados apenas por alguns apaniguados.

Um por todos
O mais interessante é que o próprio partido não faz questão de esconder que a divisão realmente é fato. Eis a mensagem que o internauta se depara ao visitar a página do diretório do PSDB no Faceboock:
“Não vamos nos dispersar”. A vereadora Debora Marcondes quase colocou tudo por água abaixo ao pleitear a presidência do partido, mas teve que se contentar com o cargo de vice que era dado como certo para o vereador Toni do Cofesa. A maturidade de Toni fez com que a reunião terminasse em paz.

Árdua missão
Apesar das sucessivas derrotas do Executivo nas votações de projetos sobre aumento de impostos, Toni do Cofesa foi mantido na liderança do governo na Câmara. É preciso fazer justiça com o vereador: nunca um líder “apanhou” tanto quanto agora. Fora as críticas da oposição aos projetos do Executivo, ainda tem a pressão dos eleitores nas ruas e nas redes sociais. Se o prefeito desse ao Toni a oportunidade de realmente liderar o PSDB na Casa de Leis teríamos um partido mais forte, mas o alcaide acha que pode resolver tudo como nos velhos tempos, ou seja, na marra.

Ser ou não ser
Ainda sobre a composição do novo diretório do PSDB, os ex-vereadores e ex-presidentes da sigla, Marmo Fogaça e Tarzã, tiveram que se contentar com o despretensioso cargo de 1º e 2º Vogal, respectivamente. É uma pena o que estão fazendo com a figura do ex-vereador Tarzan, cuja biografia política deve ser respeitada. E aqui pra nós: de olho no futuro, Tarzan foi votar apenas para cumprir a obrigação partidária. Nos bastidores o que ouvimos foi o seguinte: aguardem a próxima eleição que é a que vale visando 2020.

Fogo amigo
Abatidas pelo choque de realidade, algumas pessoas identificadas com a velha guarda do PSDB não escondem a insatisfação com as políticas (ou com a falta delas) adotadas em Itapeva, fato que contribuiu para o aumento da artilharia contra o atual governo. Veja o que disse, por exemplo, o empresário Tião Loureiro em uma postagem sobre a situação das estradas rurais:
“Parece que a missão da Garagem não é perenizar as estradas”.

E dá-lhe ofício
Em resposta sobre o mesmo assunto, a vereadora Vanessa Guari (PMDB) escreveu a seguinte mensagem. “Onde vamos parar? Encaminhei o pedido sobre essa estrada por ofício há meses e até agora nada. Vergonha”. Enquanto não for nomeado um secretário competente para cuidar das estradas as coisas vão continuar assim. Encarregado dando uma de secretário é pior que não ter ninguém a frente da Secretaria. O prefeito que acha que é o inventor da pólvora deverá agregar a Secretaria ao viajante Marco André e criar duas Secretarias para abrigar mais componentes do seu partido que foi relegado ao quinto plano.

Obras
Cansado de esperar respostas sobre o atraso em diversas obras que já deveriam ter sido reiniciadas desde janeiro, o vereador Jé (PMDB) cobrou explicações da Prefeitura.
“Todos que aqui estão sabem o quanto é difícil conseguir esses recursos e, infelizmente, eu não estou vendo esses investimentos, tampouco uma resposta imediata do Marco André. Desde janeiro os recursos do PSF da Caputera estão disponíveis, ou seja, o dinheiro está na conta e a obra não começa. Há outros recursos para a compra de equipamentos de saúde e por que a Prefeitura não compra”? Além dessas obras citadas pelo vereador, há outras que estão na mesma situação, como a reforma do estádio municipal, a pavimentação do Bairro de Cima, reforma do Mercado do Produtor, término da pavimentação da Vila Bom Jesus e da Vila Aparecida, além da construção dos portais na entrada da cidade e do Centro de Educação Ambiental, ao lado do monumento aos tropeiros. Quando ele chegar de viagem ele te responde, vereador.

Empresa amiga
A criação da CEI da Jundiá segue em banho-maria até a próxima semana, quando um representante da empresa irá à Câmara para detalhar os repasses feitos pelo município para custear a passagem gratuita. Vale lembrar que essa audiência será aberta ao público e os vereadores serão cobrados se não atuarem com firmeza questionando, por exemplo, o porquê de a empresa ter aberto mão de receber R$ 4,8 milhões que deixaram de ser pagos nos últimos quatro anos. E ainda: por que uma cláusula chamada de ‘Remuneração de Diretoria’ foi restabelecida no início deste ano? Uma vergonha dar tanto dinheiro a empresa. Com o que foi pago já teríamos uma frota própria empregando funcionários do atual quadro o que realmente traria economia para os cofres públicos.

Para refletir
As cartas estão dadas, a Câmara vai se acovardar? Com a palavra os vereadores... Uma CEI dá a oportunidade do prefeito e seus comandados de mostrarem que estão trabalhando com lisura quem a teme ou acoberta é porque deve algo e mostraremos a população se existem pessoas que estão com medo da verdade, mesmo que para isso tenhamos que ir ao MP para denunciar alguns por prevaricação.

Desbotado
Falando sobre as ações do Outubro Rosa, a vereadora Vanessa Guari questionou as ações que estão sendo desenvolvidas em Itapeva.
“É um assunto de extrema relevância, mas eu queria saber quais são as medidas adotadas na área de prevenção tendo em vista que não temos ginecologista na rede, que também não fornece os exames necessários”. O questionamento da vereadora é de extrema importância, já que os médicos especialistas dizem que o autoexame não é suficiente para detectar o câncer de mama, sendo necessária a realização de ultrassom e mamografia. Será que a rede municipal está preparada para oferecer esses serviços especializados? Isso para o governo atual é utopia.

Concurso
Ainda segundo a vereadora Vanessa, a secretária de Saúde, Maria Elisa Ferrarezi, garantiu que até o início de outubro seria publicado edital do concurso público para preencher vagas em diversos setores da saúde, o que ainda não foi feito.
“Já estamos na segunda semana do mês e até agora nada do concurso”. A amiga de certo secretário já foi nomeada, vereadora.

Sindicância
Sobre as sindicâncias abertas para apurar atrasos em sete obras na gestão Comeron, Margarido (PP) relacionou algumas da segunda gestão Cavani que também estão paralisadas.
“Eu vi pela imprensa que o governo atual abriu sindicância para apurar atrasos na gestão anterior e isso é mais que justo porque uma obra não pode ser paralisada. Mas o governo devia ter incluído a UBS do Alto da Brancal, que vai comemorar aniversário de dez anos de paralisação”. Depois do Ita News ter publicado matéria sobre o assunto há exato um mês, a prefeitura anunciou que irá iniciar a obra. O Mirante do Debret, que seria a obra que marcaria os 8 anos da administração Cavani (única), continua abrigando de tudo um pouco, menos o povo que pagará por aquela “preciosidade”.

Monumento ao nada
E prossegue Margarido.
O que mais me intriga é saber que mesmo com a obra parada o dinheiro tá na conta, isso se chama falta de gestão. Agora eu pergunto: e aquelas obras do governo lá de trás, como o mirante do Debret, o que é aquele esqueleto de cimento na entrada de Itapeva onde foram gastos rios de dinheiro? Eu queria que uma pessoa inteligente e de visão explicasse o que vai ser daquele lugar”. Aquela é conhecida como a obra do Davi (com a conivência do prefeito). E sobre o que será feito daquele elefante branco, ninguém sabe. Nem Freud explica.

 

Capa da última edição

capa IN

Curta-nos no Facebook