Mentira paga

A implantação do serviço (?) da Jundiá só trouxe prejuízos para Itapeva. A qualidade piorou e a quantidade de linhas e horários são alvos de reclamações diárias. Porque não se cria uma frota própria com os mais de 5.000 funcionários que já trabalham na prefeitura? Qual o medo de tirar essa empresa que onera demais as contas públicas? Cuidado vereadores, se for criada uma CEI para investigar a empresa e você se colocar contra estará trabalhando para esconder a verdade e nós vamos desmascarar a todos. Uma CEI serve para trazer a verdade e quem não tem medo deixa que ela seja mostrada, agora quem deve vai lutar para que ela não saia.

Furto da garagem

Já está documentado pelo ex-secretário Toninho Bucho que a garagem municipal foi furtada ao longo dos últimos anos. Quem terá a coragem de abrir a caixa preta que poderá reaver dinheiro público desviado? Os vereadores já sabem do ocorrido e irão prevaricar? Não foi para isso que foram eleitos, ou seja, para fiscalizar?

Agora é bom?

Durante toda a campanha o prefeito Luiz Cavani excomungou o assessor do deputado Mudalen, conhecido por Robson Leite, fato este que todos os do meio político sabem quem é. Curiosamente em sua visita a Brasília o prefeito abraçou o desafeto em busca de recursos para o município. Agora ele presta? Quem sabe não sai aí um carguinho dentre os 29 recém-criados, assim como saiu para os amigos do Marco André.

Ditadura

Hoje falar a verdade ou dar sua opinião em Itapeva é crime contra os que detêm o poder. Vivemos uma ditadura camuflada que tenta inibir todos a ponto de quererem calar a imprensa e o vereador Franson. Outra pessoa que é constantemente alvo de ataques é a vereadora Débora Marcondes que se revolta contra o sistema. Uma vergonha a conivência de alguns contra esses fatos. O presidente não deve defender seus pares? Pare de puxar o saco do prefeito, Oziel Pires, e lute pela Casa de Leis e pelo povo que o elegeu.

Ditadura II

Secretário que conversar ou participar de eventos em que este colunista esteja presente serão pessoas não gratas no atual governo. Uma vergonha o ranço que o prefeito nutre dentro de si.

Itapeva Clube

Os terrenos ao redor do campo de futebol podem ser vendidos. Isso pode? Todos os sócios concordam? Perderemos o melhor campo de futebol da cidade? Parece que em Itapeva tudo caminha para trás e caso isso ocorra será mais um momento de retrocesso. Até quando?

Itapeva Clube II

O local é parte de nossa história e vamos deixar que mais um fato desta natureza acabe com a memória de nosso povo? Com a palavra o prefeito e os vereadores?

Piada nacional

O tal furto na Sala Verde, quando um vagabundo deixou um bilhete denegrindo a cidade e seus políticos, virou alvo da mídia em vários sites e TVs. Quando faremos nossa cidade ser novamente o centro da região? Em pouco tempo seremos ultrapassados por Capão Bonito ou Itararé que conseguem estabelecer vínculos fortes com detentores de mandato ou articuladores presentes. Esse furto deve ser muito bem apurado para que se descubra o porquê de um imbecil se preocupar em manchar o nome da cidade.

As mentiras

Nós simplesmente ouvimos desculpas, sejam estas dos eleitos ou então de seus aspones que plantam mentiras a cada dia, mesmo vendo Itapeva afundar cada dia mais. Uma vergonha a administração atual que governa visando o próprio umbigo com uma equipe (existem exceções) que é uma das piores da história. Governar com dinheiro qualquer um governa. O prefeito se fecha no seu grande grupo político no qual fazem parte 4 pessoas e acha que fará algo. Política se governa agregando.

Molecagem

Na edição passada colocamos que a vereadora Débora Marcondes teria pleiteado a presidência do PSDB o que não foi verdade. Pedimos desculpas a importante representante da Casa de Leis que faz seu trabalho partidário de forma correta.

Negócio da China
O vereador do PSD, Dr. Pedro Correa, criticou a ausência de representantes do Executivo em um importante seminário realizado na quarta-feira (11) sobre o cultivo e a produção do bambu, evento que contou com a participação de uma delegação chinesa.
“É uma pena que muitos não participaram, inclusive quero lamentar a ausência dos nossos líderes do Executivo. Nem prefeito, nem vice-prefeito, nenhum secretário compareceu. Apenas um funcionário da Secretaria da Agricultura esteve presente”. Quando a maré não anda boa, as críticas brotam de todos os lados. Isso sem falar que o evento foi realizado na véspera do feriado prolongado, portanto...  se fosse uma reunião para a implantação de novas linhas da Jundiá com certeza todos estariam presentes, vereador.

Missão oficial
Esse encontro promovido pela Unesp é um desdobramento da visita que os chineses fizeram em 2014, época em que foram recebidos com pompas e muita ostentação pelo governo Roberto Comeron. Três anos depois não se produziu nenhum resultado prático da tal reciprocidade entre as cidades de Xinyu e Itapeva. Quem se deu bem na época foi o empresário Ralph Gemignani que passou quase duas semanas curtindo os monumentos da China.

Pauta
Teve de tudo na sessão de Câmara de segunda-feira. Discussão acalorada, gritos, protesto por quebra de acordo nas votações, acusação de intolerância religiosa... Parece que a cada dia o clima fica mais pesado no Legislativo. Infelizmente, até agora não há registro de qualquer projeto que tenha sido aprovado em benefício da população, do comércio e dos empresários que geram renda e desenvolvimento para o município, ao contrário, as iniciativas que chegaram à Casa de Leis só projetavam aumentos de taxas e impostos. Que não sirvam de capacho do prefeito que denunciaremos caso a caso aqui em nossa coluna. O povo quer projetos que visem empregos, qualidade de vida e melhoria no atendimento à saúde. De puxa saco o Cavani já está cheio, né Oziel?

Trem da alegria
O debate sobre a criação dos 29 cargos na Secretaria de Saúde ainda vai longe. Em resposta à crítica da vereadora Vanessa Guari (PMDB), o incansável Tião do Taxi (PR) voltou a defender a aprovação do projeto. 
“Até agora eu não entendi como que se pode frisar que são 29 cargos em comissão. Na verdade os 23 cargos não são de livre nomeação, mas de quadro permanente”. Engano seu, vereador. Todos esses 23 cargos de função permanente estão sendo ocupados por servidores escolhidos a dedo pelo secretário Marco André, que não deveria exercer nenhuma ingerência na área de saúde. Deixo claro que não estou julgando a competência técnica dos servidores indicados, que na sua maioria estão capacitados para exercer as respectivas funções.

Eu não sabia
Além disso, a criação desses cargos não respeitou o Conselho Municipal de Saúde, que é composto por representantes de diferentes setores da sociedade civil e a quem caberia opinar sobre o referido projeto, que foi aprovado quase que por unanimidade. E aqui também cabe responsabilizar o presidente Oziel Pires (PTB) pela lambança, que agora está sob análise rigorosa do Ministério Público. Como deixar passar batido a falta de anuência do Conselho, vereador, depois de anos presidindo a Casa de Leis? Só sabe tentar intimidar a imprensa?

E agora?
Agora resta ao Ministério Público julgar, inclusive, se a Prefeitura descumpriu um TAC assinado pelo município estabelecendo que cargos de qualquer natureza no âmbito da administração municipal só poderão ser criados através da realização de concurso público. O que parece ter ocorrido é que os “iluminados’ tentaram dar jeitinho com o auxílio da Câmara achando que iriam tapear o MP. Ledo engano.

Abacaxi
Mais do vereador Tião.
“Nós gostaríamos que o Executivo fizesse uma reformulação de todos os cargos do município, mas a gente sabe que ele não tem condição financeira e nem estrutura para reformular os cargos na administração, na garagem, na educação, e não tem por dois motivos: o financeiro e a Lei de Responsabilidade Fiscal”. O vereador Tião merece o troféu sinceridade do ano. Por que isso não foi dito durante a campanha, vereador? Um grande piadista travestido de vereador.

Bola fora
O vereador Jé (PMDB) trocou os pés pelas mãos ao tentar ajustar um item do regimento interno que trata das faltas justificadas dos vereadores, que segundo ele estava em desacordo com a lei. Ainda que tenha razão no pleito, a discussão é extremamente inoportuna já que pode passar a impressão de que o que se busca, na verdade, é ampliar esse privilégio.

Clima esquentou
Aproveitando o escorregão e interessado em jogar para a torcida, Tião do Taxi resolveu peitar o vereador dizendo que a matéria parecia simples, mas não era transparente.  A resposta foi imediata.
“Tem vereador que estava nos bastidores defendendo aumento de impostos e que veio aqui dizer o contrário. Eu tenho posição. Não sou como vossa excelência que falou agora há pouco que ia votar contra mas votou a favor do projeto. Eu peço para que quando o senhor for falar comigo tenha mais respeito. Eu nunca joguei você contra a torcida”. Precisa conferir, Jé, se o citado não recebeu nenhuma ligação entre seu posicionamento e a sua votação.

Sem festa
Vanessa Guari, que além de vereadora é mãe, cobrou da prefeitura a falta de ações voltadas ao Dia das Crianças.
“Falou-se muito sobre os dias dos professores, que merecem todos os nossos elogios, mas todos se esqueceram do dia das crianças. Gostaria de saber o que o Executivo proporcionou às nossas crianças? Nada, com certeza! Aquelas que tiveram comemoração nas escolas foi graças às professoras, que na maioria das vezes gastam parte de seus salários para proporcionar alegria a seus alunos”. Eles poderiam ter alugado uns ônibus da Jundiá para levar as crianças para passear. Como não pensaram nisso? A empresa ficaria muito feliz e os subsídios aumentariam de novo. Temos secretários que se dizem representantes do Esporte e da Cultura e deixam uma data tão especial passar em branco. Uma vergonha.

Cansei
O aguerrido Márcio Supervisor (PSDB) está visivelmente abatido. Quem conversa com o vereador se dá conta de que ele sentiu o baque ao não conseguir atender os inúmeros pleitos do magistério municipal, que sabemos não são poucos. Professores reclamam que as demandas solicitadas são transferidas para o assessor de gabinete. Vai continuar apenas como coadjuvante do PSDB, porque ações em favor da classe ou do povo podem esquecer.

Lamentável

A região respira esporte para dar lazer e diversão ao povo e aqui temos o Luciano Oller que colocou na cabeça do prefeito que iria fazer o esporte social. Quando começa a distribuição de bananas e rabanetes ou quem sabe cestas básicas? O esporte é social em sua essência e inventaram mais esta palhaçada para acabar com poucas alternativas de lazer que sobraram para a população. Esse secretário nem peteca jogou um dia e foi reprovado como locutor, mas deu certo no curso de tiro, não é?

 

Capa da última edição

capa IN

Curta-nos no Facebook