Trafico de influência

Será que existe isso na prefeitura de Itapeva? Segundo denúncia protocolada no MP existe sim. Chega dos mesmos no poder só para administrarem seus próprios interesses e de alguns “amigos (as)”. isso existe na prefeitura?

Discurso
A Câmara Municipal sediou uma oficina de oratória voltada aos que integram o Parlamento Jovem. Parabéns pela iniciativa, mas que tal estender esse curso aos titulares do cargo de vereador. Isso contribuiria para melhorar a qualidade dos discursos que são proferidos nas sessões. Um pouco mais de qualidade não faria mal a ninguém, muito pelo contrário.

Não, por enquanto
A proposta de criação de um sistema próprio de inspeção municipal está sendo analisada pela Comissão de Legislação da Câmara. Para variar, o projeto que institui o SIM, de autoria do Executivo, abriu polêmica ao estabelecer a cobrança de multa para os donos de estabelecimentos comerciais que estiverem em desacordo com as normas estabelecidas para a produção, manipulação ou processamento de produtos de origem animal e vegetal. Tá fácil gerar emprego e renda diante de tantas opções criadas que resultam em mais taxas e punições.

É preciso debater
Alguns vereadores pediram adiamento da discussão por entenderem que como estão previstas cobranças de taxas o projeto não pode ser votado às pressas, como defendeu Jé (PMDB).
“Eu quero sugerir que a gente leia essa matéria com calma, pois trata-se de um projeto importante, porém, é preciso não atropelar e fazer as coisas conforme o interesse da sociedade”. Ninguém discute a importância da criação de um certificado próprio que ateste a qualidade da carne consumida no município, mas quando se fala na criação de novas taxas para os comerciantes...

Por que parou?
A Secretaria Municipal de Obras está devendo uma explicação convincente sobre o motivo do atraso em obras já licitadas e que estão com os recursos provisionados em caixa, mas que não saem do lugar. Este é o caso da pavimentação em diversos bairros que já deveria ter sido concluída, como na Vila Aparecida, Vila Bom Jesus, Distrito Industrial e Bairro de Cima, além da construção dos dois portais na entrada da cidade e a reforma do mercado do produtor. Seria porque as viagens são muito extensas?

Parou por quê?

O estranho nisso tudo é que a prefeitura reclama que faltam recursos para o término dessas obras. Mas uma consulta feita no Sincov, que mostra o total de propostas cadastradas no Ministério do Planejamento, aponta que os deputados Antônio Goulart (PSD) e Guilherme Mussi (PP) enviaram juntos mais de R$ 10 milhões para obras infraestrutura urbana na cidade. Será que só o dinheiro oriundo de novos impostos e taxas é que serão utilizados?

Eternidade
A maior mostra do descaso com a coisa pública está ligada ao Parque Pilão D´água, que em 2018 completará uma década de obras sem prazo para ser inaugurado. Entra governo e sai governo e o local continua em reforma. É uma mina de ouro nas mãos das empreiteiras. Uma vergonha. Tem empreiteira que faz o que dá para receber o dinheiro e depois abandona a obra deixando o término para uma nova licitação.

Vergonha
A pressão do prefeito Luiz Cavani (PSDB) desta vez funcionou. Na reunião com representantes da Jundiá, à exceção de Margarido e Jé que fizeram diversos questionamentos ao empresário André Chedid, os demais entraram mudos e saíram calados. Não tiveram a coragem de exercer o papel constitucional que lhes foram atribuídos pelas urnas, que é o de defender o interesse público. Alguns até estavam preocupados, mas mostraram desconhecer o assunto.

Homenagem
Esses que nos representam na Câmara não tiveram sequer o interesse de verem respondidas algumas perguntas, como, por exemplo, porque a empresa perdoou uma dívida de mais R$ 12 milhões que deixou de ser paga no governo Comeron? Não assuste se esses vereadores que não honraram os votos das urnas apresentem votos congratulações à Jundiá por ela ter sido tão boazinha. Essa empresa ficou 4 anos sem receber a “verba de diretoria” e não quebrou. Não seria porque ganha muito? Esse é um contrato leonino que só beneficia a Jundiá e o prefeito se curva a empresa. Por quê?

Decepção
Quem esperava uma ação incisiva do combatente (?) vereador oposicionista Alexsander Franson (PMDB) ficou decepcionado. A postura do vereador “pronto pra guerra” de semanas atrás cedeu lugar à passividade.  Foi decepcionante ver alguém que até a semana passada defendia total esclarecimentos dos fatos permanecer praticamente calado durante a audiência. Esperamos que o silêncio seja para uma ação ainda maior. Itapeva não suporta a Jundiá.

Palpite
O que foi dito na reunião às portas fechadas no gabinete do prefeito? São perguntas ainda sem respostas. O vídeo em que o prefeito aparece sorrindo ao lado de Franson foi um lance de mestre dado por Cavani. Xeque-mate, agora é só marcar a data e o horário da posse dos cargos que foram colocados à disposição do PMDB. Isso é o que dizem, mas eu ainda acredito que o vereador honrará seu compromisso com o povo. Eu acredito no Franson.

Quem sabe?
Porque o presidente Oziel deixou a reunião com a Jundiá antes do final? Seria porque foi dada a este colunista a oportunidade de questionar sobre a empresa que é a menina dos olhos do prefeito, seu novo chefe? Omissão total em descaso do povo. Para manter a Jundiá duas alternativas existem: o aumento das passagens ou diminuição das linhas. É para isso que os vereadores e o prefeito foram votados?

Quem sabe? II

Desagradar o chefe pode ser a oportunidade do Cavani descartar o nome de Oziel para a sucessão. E ele acredita que será o indicado do Cavani. Será sim, aguarde. Você é bom para ameaçar e nada mais, já que seu poder diminui a cada dia em função dos vereadores descobrirem que Vossa Excelência só administra o próprio umbigo.

Aeroporto
A negociação para a reabertura do aeroporto municipal foi retomada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, onde o município já obteve êxito no pedido de prorrogação do prazo exigido para a liberação, restando agora executar o cronograma de obras e adequações físicas obter o laudo da ANAC. Missão quase impossível para a secretária Marimar, pois seus antecessores não tiveram êxito. Estamos na torcida.

Uma piada

Questionado pelo vereador Jé, o ex-secretário do Governo Comeron Alceu ouviu a seguinte pergunta: “Quando secretário você foi contra a Jundiá e agora é a favor, o que mudou?”. Ao que Alceu respondeu: “Quem tem que achar é o prefeito, eu não acho nada”. Para um bom entendedor...

Sobrando dinheiro

O prefeito solicitou aos vereadores a bagatela de R$ 3.100.000,00 para os subsídios da Jundiá no próximo ano. Vai gostar desta empresa lá em Brasília. Já passa da hora de darmos início a uma ação popular para que o serviço de transporte seja próprio já que os ônibus que circulam em nossa cidade custam em média 200 mil reais. Para isso retirou do orçamento o valor que deveria ser destinado a emendas dos parlamentares. No auge de sua arrogância, sugerir que os nobres edis achassem em outras Pastas formas de fazer com que as emendas pudessem ser mantidas é demais. Quer jogar os vereadores contra o povo.

Oportunidade

Poderíamos qualificar funcionários públicos para trabalharem como motoristas ao salário de R$ 2.400,00 mais os benefícios. Será que haveria interesse dos funcionários que recebem bem abaixo disso? Mas, isso deverá acontecer só na Justiça já que o prefeito trouxe essa empresa que é um “presente de grego” e ninguém sabe a razão de tanto amor.

Outra vergonha

O prefeito quer terceirar o aterro sanitário pela pequena parcela mensal de 300 mil reais. Agora vocês sabem porque ele quer aumentar tanto os impostos. Esse governo é uma vergonha e vão quebrar definitivamente Itapeva. Adivinha quem indicou a empresa?

Pires na mão

Falando em prefeito, durante anos Cavani criticou o vereador Jé que já foi o seu secretário e agora anda de braços dados em busca de verbas e projetos para a cidade. Só busca as pessoas quando precisa. É o típico político brasileiro que não precisamos mais.

Acredite

A galinha dos ovos de ouro está com os dias contados.

Outra

Me ameaçar vai piorar ainda mais a situação, pois a nossa equipe vai procurar de ponta a ponta todas as irregularidades que venham a acontecer contra a população de Itapeva. E chega muita coisa.

Exemplo

A funcionária da Saúde de nome Clara, que atende no Posto de Vacinação, é um exemplo a ser seguido. Exerce a profissão com amor e dedicação.

Pergunta

O que será que a prefeitura fará com tantos tubos de concreto e  papel sulfite que foram comprados recentemente?

 

Capa da última edição

capa IN

Curta-nos no Facebook