Delírios

Em seus delírios na internet, o vereador Franson disse que acabou o monopólio da mídia. Deve estar delirando já que existem ainda alguns outros órgãos de imprensa em nossa cidade. Pena que nem todos concordam com sua mudança de lado. O moço alegre é realmente um bom vereador- isso eu reconheço- e não tem porque eu dizer o contrário, mas está se achando um pop star e isso é ruim para seus sonhos de ser prefeito.

Delírios II

Ele reclama em seus devaneios na internet que não demos ao mesmo o direito de resposta em matéria publicada na edição passada. Impossível, vereador, já que usamos suas falas na Tribuna e não criamos uma história. Caso queira se pronunciar e desmentir os áudios estamos à disposição.

Delírios III

O vereador também postou em sua rede social um vídeo ao lado do emergente João Dória, prefeito de São Paulo. Acredita que ele será o impulso para a sua candidatura a prefeito ou pretende mudar os rumos da eleição interna do PSDB?

Recalque

Tentou alfinetar o colunista que não foi eleito porque o povo assim o quis. Não tive que contratar assessor para calar a boca deste com gastos em campanha e nem para ocultar a locação de um Jeep não declarado, tampouco nomeei de forma errônea assessor com duplo salário. Tenho a consciência que os 15 eleitos fizeram por merecer e o povo que arque com as consequências pelo seu voto.

E mais

Qual o projeto ou ação do vereador Franson que fez a diferença para o povo? Só sabe se mostrar na internet e nada mais. Pipocou para o prefeito dentro da sala dele ao lado do secretário jurídico.

Piada

Nossos políticos foram ao aniversário do presidente do PP para puxar o saco de membros do PSDB e do PR. Estamos bem representados? Todos bateram continência para o Guilherme Mussi (PP) que mostrou que é o cara na região.

Cadê o Oller?

Segundo denúncias, o veículo Gol vermelho placas CZA-8054 que deveria prestar serviços a Defesa Civil estaria sendo usado por um diretor da AFUPI para serviços da entidade. Verdade?  Estaria sendo iniciada a campanha para o deputado Milton Monti (PR) que leva votos em todas as eleições e mantém o Oller empregado?

Vala comum
O vereador Alexsander Franson (PMDB) mantém um assessor trabalhando de forma ilegal em seu gabinete. Quem diria que aquele que se portava como o paladino da moral e da transparência tenha sido levado à vala comum dos homens públicos que exercem o cargo como se fosse uma atividade privada. Infelizmente, muitos embarcaram em sua canoa furada com a expectativa de que ele seria diferente. Ledo engano. Poste um vídeo na internet e diga que é mentira.

Prevaricação
Moacir Moura Filho foi contratado como assessor parlamentar em julho e desde então recebe salário no valor de R$ 4.311,12 ao mesmo tempo em que exerce o cargo de professor em duas escolas da rede estadual, onde os dois vencimentos somados chegaram a R$ 5.606,65 no mês de setembro. A Constituição Federal proíbe a atividade remunerada desses dois cargos públicos de forma concomitante e tanto Moacir quanto Franson não podem negar que sabiam que essa prática afronta a lei. Como gosta de dizer que é um fiscal do povo, Franson... o dinheiro terá que ser devolvido. E agora, Moacir?

Ilegal
Apesar de terem conhecimento de que a prática é proibida por lei, tentaram seguir o caminho da ilegalidade ao deixarem de informar o RH da Câmara sobre o segundo emprego do assessor. Agora os dois terão de arcar com as consequências e responder pelos atos ilegais praticados, além de ter que devolver os vencimentos recebidos indevidamente. Esse é o senhor transparência?

Prepare-se
No mais, resta dizer ao vereador Alexsander Franson que nós, sim, não temos medo de cara feia. O senhor usou sua página pessoal para atacar a imprensa e ficou desacreditado perante a opinião pública. Até seus apoiadores estão debandando. Somos contra qualquer tipo de irregularidade e vamos publicar todas as denúncias que venham acompanhadas com as devidas provas, doa a quem doer. Que fique claro que o Ita News não paga internauta para elogiar ou defender o trabalho do jornal, ao contrário do que outros fazem. Credibilidade se conquista.

Sumiram
Após o temporal que castigou a cidade na sexta-feira passada, nenhum vereador foi visto acompanhando o trabalho da Defesa Social. Onde estavam? Acompanhando a cobertura do Ita News pelo Facebook?

Papai Noel
Já entrando no clima de Natal, os vereadores abreviaram os trabalhos (e que trabalho) na sessão de segunda-feira. Acredite, a sessão durou menos de 20 minutos, apesar da quantidade de buracos e problemas que afetam a cidade. Na sessão foram lidos dois projetos, 11 requerimentos e 11 indicações e nenhuma pauta foi discutida. Apenas Débora Marcondes (PSDB) e Edvaldo Negão (PSD) ocuparam a tribuna.

Acorda
Imagina você eleitor receber um salário de mais de R$ 8 mil ao mês para participar de duas sessões semanais... é preciso ter maior seriedade, senhores vereadores! Assuntos não faltam: praças abandonadas, estradas intransitáveis, buracos, aumento da passagem de ônibus, dos impostos, enfim... Está na hora do prefeito Luiz Cavani abrir o jogo com a população e contar o que realmente está acontecendo com as finanças do município. O que vemos até agora é puro blá blá blá e muita conversa pra boi dormir.

Piloto automático
Vem sendo voz corrente que o atual prefeito tem governado a cidade no piloto automático, pois parece que essa função se resume apenas em manter a folha e o pagamento de fornecedores em dia, cortar grama e trocar lâmpada... Em Itapeva, que é sede da região, só um piloto automático não basta! Precisamos de um líder inovador que seja capaz de trazer mais recursos para o município, gerar novos empregos e desenvolvimento. Pintar as faixas com guache (?) não resolve nada.

Piloto automático II
Enquanto assistimos a esse governo paralisado em Itapeva, Itararé vem sendo destaque pelo trabalho incessante e criativo do jovem prefeito Heliton da Junitex. É impressionante o quanto a cidade vizinha vem dando saltos positivos com a atual administração. Dentre os vários avanços obtidos, a área de esporte vem fazendo inveja aos itapevenses aparecendo quase todos os dias no noticiário da mídia regional. Só nos resta parabenizar a população itarareense, uma vez que aqui nem bola tem. Temos o Oller que é o campeão de tiro. Lembram do curso de tiro para a Guarda Municipal?

É piada?
Itapeva virou motivo de chacota nas redes sociais depois que Cavani apareceu abraçado com o prefeito de São Paulo, João Dória, em um vídeo publicado no perfil oficial do prefeito itapevense. O problema é que quando Dória diz que Itapeva passou a ser uma “metrópole de São Paulo”, muitos interpretaram a fala com ironia. Ah se o governador e pré-candidato a presidente Geraldo Alckmin fica sabendo... o Cavani está se saindo um ótimo piadista.

Exemplo
Único vereador que teve a coragem de vir à público para dizer que não está satisfeito com as explicações dadas pela Jundiá, Margarido (PP) afirmou que a luta pela redução das despesas com transporte urbano está longe do fim.
“Eu venho a esta tribuna para dizer que nós continuamos estudando o contrato com a Jundiá e como todos sabem houve o reajuste na tarifa da passagem em Itapeva. Nós não podemos deixar de discutir um tema importantíssimo relacionado a uma empresa que presta um serviço caríssimo. Só para se ter uma ideia, cada ônibus daquele custa em torno de R$ 40 mil por mês ao município”. Felizmente ainda temos o vereador para lutar contra esse retrocesso que se chama Jundiá.

Meio a meio
Para que o amigo leitor tenha ideia, esse contrato com a Jundiá é tão lesivo ao município que a atual administração foi obrigada a concordar com o aumento da passagem para R$ 4,00 visando a diminuição do valor que é pago mensalmente como tarifa técnica. Uma vergonha. Isso é o que se chama dividir a dívida com o cidadão. E as linhas atendem cada vez menos o povo.

Passeio
E o turismo? Durante a primeira metade do governo anterior, profissionais da área foram às redes sociais criticar a falta de investimento e de atenção com o setor. E hoje, no atual governo, o que podemos falar sobre o turismo. Onde estão essas pessoas capacitadas para fazer a mesma cobrança para despertar o interesses das autoridades. Com certeza, um bom plano de turismo atrairia recursos e geraria muitos empregos. Com a palavra...

Ninguém
A cultura continua sendo a prima feia da educação. Na semana cultural “Newton de Moura Müzel”, que encerrou-se na quarta-feira (15), nenhuma autoridade do Executivo, tampouco do Legislativo, foi prestigiar o evento. À exceção de Dr. Rossi, que participou da abertura, nem o prefeito, nem o vice-prefeito e sequer o secretário da Cultura deram o ar da graça.

Sem novidade
Em mais uma tentativa para melhorar sua imagem com o eleitorado, o prefeito publicou outro vídeo em que fala da entrega das 1.043 moradias do Morada do Bosque. De prático, mesmo, não anunciou absolutamente nada. O que está por trás desse atraso que chega a um ano? Faz mais de ano que foi anunciada a entrega dessas casas. Depois não reclamem quando o povo voltar a protestar em frente à prefeitura. Será que essa empresa que fez as casas terá o mesmo tratamento diferenciado que tem a Jundiá? Uma vergonha não liberarem as casas para o povo.

 

 

Capa da última edição

capa IN

Curta-nos no Facebook