Como votar

Depois da votação popular que aconteceu no Domingão do Faustão onde alguns inexpressivos se saíram vencedores no voto popular eu fico preocupado com uma possível renovação em 2018. O voto de nosso povo chega a nos surpreender em alguns momentos.

Miss Teen

Nossa representante Fabiana Santana estará brilhando no próximo dia 28 de janeiro em São Paulo na grande final e temos a certeza de que nossa representante tem muita chance de estar entre as finalistas. Obrigado Andrei Müzel por estar sempre acompanhando nossa luta de levar uma Itapevense para brilhar nas passarelas.

Nota 10
A Polícia Militar está de parabéns pela operação “Natal Seguro” que está sendo realizado durante o período de compras natalinas. A presença dos homens do 54º Batalhão da Polícia Militar de Itapeva confere maior segurança para os cidadãos que se dirigem ao centro para realizar compras e para os comerciantes que pagam religiosamente seus impostos. Neste caso, vemos o Estado se fazendo presente na vida dos cidadãos. A PM de Itapeva dá mostras de quando e como dar segurança ao cidadão. Brilhante.

Parabéns
Da mesma maneira cabe elogiar o trabalho diferenciado prestado pelos homens da Guarda Civil Municipal, que não medem esforços para contribuir com o trabalho preventivo na área de segurança pública. Com a operação desenvolvida em apoio às ações da Polícia Militar, a sensação de segurança em toda a área central já pode ser sentida por todos. Nota 10.

Repaginado
Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, como diz o ditado popular. Isso se refere ao excelente trabalho de revitalização do Calçadão Dr. Pinheiro, que foi repintado em toda a sua extensão. Não há dúvida de que o centro comercial ficou mais bonito. Parabéns aos funcionários municipais que promoveram essas ações em um domingo. Quanto ao secretário Luciano Oliveira, ao invés de pegar no pesado para dar exemplo, optou por fazer vídeos e selfies ao vivo. Esse não vai mudar nunca só sabe pegar carona no trabalho dos outros, mas como entrevistador até que foi bem.

Resultado

Apesar do ótimo resultado, muitos desaprovaram a limpeza do Calçadão no momento em que a maioria dos bairros sente-se esquecida pela administração municipal. E, de fato, parecem que estão. Nunca se viu tantos buracos nas ruas. Essa é uma prova de que a unificação de Secretarias foi um atraso que fez com que a demanda de obras e serviços, especialmente nas ruas, ficasse sem ser atendida. Eu alertei isso há quase um ano.

Agora vai?

Um projeto de lei proposto pelo vereador Pedro Correa (PSD) declara de utilidade pública a Associação dos Empresários do Distrito Industrial. Espero que com essa nova etapa a entidade consiga atingir suas metas e cobrar ações do Poder Púbico em prol do desenvolvimento do bairro. Há muito que fazer, porém muitos recursos de verbas parlamentares foram enviados para Itapeva e precisam ser acompanhados. Será que estão sendo aplicados para o setor para o qual foram destinados? A geração de empregos cresce na área e promete muito mais para o próximo ano em função de novas empresas que estão chegando. Parabéns Dr. Pedro pelo reconhecimento ao local.

Haja paciência

A expectativa em torno da entrega das 1.043 moradias do Bairro de Cima só aumenta. Nesta semana o ex-prefeito Roberto Comeron escreveu que a data para a inauguração “pode” ser o dia 18 de janeiro e que estaria sendo trabalhado a antecipação desse prazo. Ele disse que pode e não que será dia 18. Já passou da hora de nossas autoridades pararem de brincar com o povo. E os futuros moradores já deixaram o recado: se a inauguração não ocorrer até janeiro, as casas serão ocupadas, o que será um grande erro. A invasão tornará o processo mais lento e entrará em outra fase. Quem garante que pessoas não contempladas invadirão as casas também?

Uma no ferro...

Um requerimento do vereador Margarido (PP) solicita que o prefeito Luiz Cavani (PSDB) envie cópia da folha de pagamento dos funcionários da Secretaria Municipal de Educação que recebem pelo FUNDEB e os gastos oriundos de recursos próprios com pagamentos de funcionários. Ao menos 60% dos recursos devem ser usados exclusivamente no pagamento de diretores, professores e coordenadores, aquisição de equipamentos e reparos. As verbas para merenda, transporte, construção de escolas e livros didáticos vêm através de convênios diretos com o Ministério da Educação.

...Outra na ferradura

A iniciativa do vereador pretende saber se o município está aplicando esses recursos conforme determina a lei. Na lista de itens que não devem compor a utilização dessa verba estão o auxílio-transporte, o auxílio-alimentação e o pagamento de outros servidores com esses recursos. Em tempos de crise e falta de dinheiro, todo cuidado é pouco. Se achar um fio de cabelo que seja, a ação por improbidade é certa. Vale a pena salientar que o secretário Andrei Muzel está fazendo um trabalho que poucos teriam a coragem de realizar e temos a certeza de que a médio prazo este colocará a casa em ordem.

Presente de Natal

A “contribuição” mensal que a Prefeitura faz à Jundiá atingiu o maior índice do ano. Em dezembro, eu, você, nós pagamos R$ 414 mil como despesa de transporte público. Quem vai comemorar mais esse recorde? Sem dúvida, o peru de Natal já tá garantido. A Jundiá é a empresa do sonho de todos os itapevenses.

Mágica

E tem mais: no acumulado do ano, os gastos com a tarifa técnica do transporte público chegaram a R$ 3,9 milhões, o que representa um aumento de 40% em relação ao que foi pago ano passado. E isso tudo após o reajuste de 17% concedido na passagem de ônibus no mês passado. A diferença de um ano para outro ficou em R$ 1.137.023,58. Com essa economia, o município poderia ter construído três creches-escola ou três a quatro postos de saúde. Ou ainda 11 Centros Comunitários de Lazer e Esportes, ao custo de 10 mil reais cada. Esse contrato “leonino” precisa ser revisto com urgência.

Perueiros

Uma comissão que representa os transportadores de alunos se reuniu nesta semana como o prefeito Cavani a fim de apresentar as preocupações do setor com as mudanças no transporte escolar previstas para o ano que vem.  De um lado, os perueiros pedem para que a Prefeitura melhore o preço pago pelas linhas. De outro, está batido o martelo que a Jundiá também deverá operar no setor, o que fará com que muitos perueiros percam o emprego. A concorrência será desleal, para dizer o mínimo. Esperamos que o bom senso prevaleça e que o dinheiro dos cofres públicos seja sempre gasto com empresários de Itapeva, pois somente desta forma retomaremos o crescimento. Itapeva em primeiro lugar.

 

Capa da última edição

capa IN

Curta-nos no Facebook