palestra saude 964Evento contou com a médica sanitarista Nair Guimarães, que falou sobre os benefícios dos fitoterápicos

A médica sanitarista Nair Guimarães realizou palestra no dia 8 de novembro, na Secretaria Municipal de Saúde, para falar sobre plantas medicinais que são indicadas para o aparelho respiratório, com o objetivo de prevenir o AVC, além de outras doenças. Foram dadas orientações sobre os fitoterápicos que auxiliam nos sistemas cardiovascular e respiratório.

Nair Guimarães explicou sobre diversas plantas medicinais, que são utilizadas como medicamentos fitoterápicos. É o caso da perpétua, alecrim pimenta, sálvia, gengibre, malvarisco, alecrim, mil folhas e guaco.

O uso caseiro destas plantas previne moléstias como inflamação, infecção de boca, garganta, gripes e resfriados, além da tosse seca. As curas se encontram na perpétua que funciona como analgésico, exercendo também a função de ser anti-inflamatório e antitérmico.

Para prevenir amigdalites e faringites, o alecrim pimenta e a sálvia são os mais indicados, pois são usados para fazer xaropes caseiros. A salvia não é recomendada em caso de gravidez.

Funcionando como expectorantes, o gengibre é uma excelente opção para a prevenção de gripes, resfriados, rouquidão, faringite e febre, além do uso no preparo de refeições. Já o malvarisco também impede gripes e resfriados, sendo utilizado para temperos de carnes e peixes.

O alecrim, por sua vez, tem a função de regular a pressão arterial, proporcionando o bom funcionamento do aparelho cardiovascular. É indicado em caso de insuficiência cardíaca leve, hipertensão arterial leve e insuficiência circulatória arterial. Também combate amigdalites e faringites, sendo contraindicados no caso de gravidez e amamentação. Não se deve tomar à noite, porque pode ocorrer a perda do sono.

A planta medicinal denominada mil folhas é recomendada aos pacientes que possuem pressão alta e na ocorrência de sangramentos artificiais, funcionando também como expectorante.

As doenças pulmonares são tratadas com guaco, que são excelentes expectorantes, analgésicos, antitérmicos e descongestionantes. Evita gripes, resfriados, sendo contraindicado para pacientes com dengue, gravidez, amamentação e doenças hemorrágicas.

Segundo a médica sanitarista, as plantas medicinais têm a finalidade de tratar doenças, manter e recuperar a saúde, além de reequilibrar o organismo. “Estas são as funções dos remédios que são extraídos de plantas medicinais, encontradas em farmácias de manipulação, casas de produtos naturais e até em supermercados, na forma de chás. As plantas naturais prometem soluções para aliviar os sintomas de muitas doenças, além de combater efetivamente outras, como estresse, fadiga, expectoração e cicatrização de feridas”, explica.

O evento realizado pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Nasf – Núcleo de Apoio à Saúde da Família, foi direcionado para servidores municipais que trabalham nas unidades de saúde do município nas zonas urbana e rural.Antes da palestra, houve uma sensibilização mostrando as causas do AVC e suas consequências, por meio da exibição de vídeos.

Capa da última edição

capa IN

Curta-nos no Facebook